Receita milagrosa para curar aftas: verdade?

0
510

Mentira. O melhor para curar a afta é não mexer nela. Com nada!  “O melhor tratamento para a afta é deixá-la fazer o período de evolução. Afta não tem causa específica, por isso não tem tratamento específico. Não tem de ficar fuçando”, afirma o cirurgião-dentista Arthur Cerri, assessor científico da Associação Brasileira de Cirurgiões Dentistas. O profissional lembra que ela tem um período certo de evolução, que é de uma a duas semanas, com ao menos quatro dias de ardor. E recomenda tomar cuidado com a alimentação. “Condimento dói, tempero dói, sal dói, pimenta dói. Na afta há nervos expostos. Tenha um pouquinho de paciência que ela vai desaparecer”.

1307d6387325c44af36ab9da426a1f59

Não há nada de grave nas aftas, são apenas lesões esbranquiçadas e às vezes amareladas, de 2,3 mm a 8 mm, sem pus, bactérias ou outros sinais de infecção. Mas não é à toa que reclamamos. Segundo Marta Silvestre, cirurgiã-dentista do Instituto Israelita de Responsabilidade Social Albert Einstein, as aftas doem muito nos primeiros dias, quando há “ulceração da membrana que cobre um tecido, com aumento de vascularização”. As fibras nervosas expostas, por isso o ardor.

O que não é consenso entre especialistas é a causa. “Envolve causas hormonais, causas ácidas, causas bacterianas, hereditárias e por aí vai. Todas aceitas e válidas”, diz Arthur Cerri. Se você tiver propensão ao aparecimento de afta, é importante evitar a acidez, que ataca a mucosa e causa lesões na boca.

 

Como amenizar a dor?

A própolis, que tem efeito cicatrizante, e o bicarbonato de sódio, que reduz a acidez da boca, podem ajudar, mas é preciso cuidado para não piorar o estado de uma lesão. O recomendável é fazer bochecho. Pomadas podem aliviar a dor, mas seu uso não é totalmente eficaz, pois a boca, por ser úmida, dissolve qualquer coisa que se coloque nela.

E nem pense em queimar ou colocar cinza de cigarro. Essas recomendações são mitos que podem, isso sim, causar um mal maior, como uma grande infecção. E, de resto, não mexer e esperar. “Deixa a afta lá. Tenha paciência um pouquinho que ela vai desaparecer”, dizem os dentistas.

Fonte: UOL

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here