Prevenção é tudo, desde cedo!

0
285

A chave para a saúde bucal é, sem dúvida nenhuma, a prevenção. Problemas como cárie e gengivite podem ser evitados com procedimentos simples, tais como o uso de fio dental, escovação, uso de bochechos com flúor e visitas periódicas ao cirurgião-dentista.

Todo o processo de higienização na criança deve ser supervisionado pelos pais. É indispensável o uso de fio dental, pois a escova não alcança adequadamente a região entre os dentes. O volume de pasta a ser colocado na escova limita-se a 0,5 cm aproximadamente. Sempre utilizando escovas de cabeça pequena ou média e com cerdas macias, realizando movimentos suaves para não agredir a gengiva.

O flúor pode ser encontrado nas pastas de dentes, na água que consumimos, nos bochechos e também nas aplicações tópicas realizadas por dentistas.

Uma outra alternativa bastante utilizada na prevenção são os selantes de fóssulas e fissuras, aplicados pelo cirurgiões-dentistas. Eles são materiais resinosos ou ionoméricos, aplicados em regiões de difícil higienização dos dentes posteriores para promover o vedamento e a impermeabilização dessa superfície dentária, dificultando o surgimento da cárie. São indicados para crianças em idade escolar, para dentes recém-erupcionados e para pessoas com alta atividade cariogênica.

Para fechar esse ciclo fundamental de prevenção, é ideal que se façam visitas periódicas ao cirurgião-dentista desde o surgimento do primeiro dente decíduo (“de leite”) e por toda a vida. Recomenda-se essa visita a cada 6 meses.

Não abra mão de estar em dia com sua saúde bucal, basta seguir os cuidados acima citados e sair distribuindo sorrisos por aí!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here