O QUE VOCÊ SABE SOBRE OS SEUS DENTES?

0
436

Os dentes fazem parte do seu corpo e do seu dia a dia, são as ferramentas que te ajudam comer e falar. Mas o quanto você sabe sobre eles?
Nesse post mostraremos algumas  curiosidades sobre nossos dentes.

Dentes são estruturas mineralizadas e por serem ricas em cálcio são muito duras. Eles são formados pela coroa e raiz. A coroa é a parte que aparece quando sorrimos ou olhamos para dentro de nossa boca. Ela é envolvida por um duro esmalte dental formado por sais de cálcio. O esmalte é a substância que faz do dente uma das partes mais duras do nosso corpo. É a parte em que temos o maior grau de mineralização (concentração de sais minerais). Ao longo do tempo ele pode ser corroído por ácidos que se formam na boca. Escovar os dentes após cada refeição é, portanto, uma maneira de protegê-lo.

A raiz do dente, em condições normais, fica para baixo do nível da gengiva. Ela não é revestida de esmalte, mas de uma fina e fraca camada mineralizada chamada de cemento.

A coroa e a raiz são formadas internamente de dentina e de polpa (ou nervo do dente).  A Polpa do dente é uma substância mole e vermelha, formada por tecido conjuntivo; é rica em nervos e vasos sanguíneos.

A dentina ou “marfim” é uma substancia dura e sensível; contém sais de cálcio e envolve a polpa do dente.

Nossos dentes são envolvidos pela gengiva, por osso e também por ligamento que serve para unir a superfície da raiz do dente ao osso ao redor, isso faz com que eles fiquem fixos em nossa boca.

Gengiva, osso e ligamento, juntamente com a superfície da raiz é chamado de periodonto.

O número de dentes presentes naturalmente na boca de um adulto são 28 dentes mais 4 dentes do siso (ou do juízo) quando eles estão presentes.
Temos 2 pares de incisivos centrais, superiores e inferiores, localizados na frente, dois do lado esquerdo e dois do lado direito , que cortam os alimentos;
2 pares de caninos (chamados popularmente de presas), um de cada lado, que perfuram os alimentos;
4  pré-molares dois de cada lado, que trituram os alimentos;
6 molares, três de cada lado, que também trituram os alimentos; destes, o terceiro ou último molar (o dente do siso) pode nunca vir a nascer.

Quando uma pessoa perde um ou mais dentes ela começa a usá-los de forma indevida fazendo com que os dentes trabalhem em sobrecarga, ocorrendo desgastes e retração das gengivas. Além disso, a ausência de um ou mais dentes, com o passar tempo, podem levar à migração dos dentes adjacentes aos que foram perdidos. Dessa forma, ocorrem inclinações dos dentes vizinhos e também extrusões dos dentes que outrora tocavam nos dentes que foram perdidos. Ou seja, a ausência dos dentes pode afetar e prejudicar os que ainda existem na boca.

Usar fio dental e escovar os dentes depois de cada refeição é o básico e indispensável para cuidarmos da nossa saúde bucal. Visite sempre o seu dentista para que ele possa te ajudar a manter um sorriso bonito e saudável.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here