O que é a erosão ácida?

0
180

É uma forma de desgaste dental causado por ácidos que enfraquecem a superfície do esmalte do dente. Quando o esmalte dental (a superfície dura do dente) é exposto a ácidos (de alimentos, bebidas ou do estômago), ele amolece temporariamente e perde parte do seu conteúdo mineral. A saliva ajuda a neutralizar a acidez, restaura o equilíbrio natural da boca e lentamente remineraliza o esmalte dentário.

Entretanto, como o processo é lento, se o ataque ácido ocorrer com freqüência, o dente não tem tempo de se recuperar. Com o tempo, este enfraquecimento devido aos ácidos – principalmente quando combinado com abrasão (atrito constante gerando desgaste da superfície), por exemplo, durante a escovação – pode causar um desgaste significativo, resultando em redução da espessura do esmalte podendo levar a alterações na textura, forma e aparência do dente e também ao desenvolvimento de sensibilidade dentinária.

Qual a diferença entre cárie e erosão?

Quando alimentos contendo açúcares e amidos são ingeridos, as bactérias presentes na boca (na placa) metabolizam estas substâncias produzindo ácidos que podem levar à destruição do esmalte dental. Com o tempo, isto pode levar à perda do esmalte e à formação da cárie, que pode precisar ser tratada por um dentista.

A erosão ácida não envolve bactérias ou açúcares da dieta, mas é resultado da ação direta de ácidos (seja de alimentos, bebidas ou do estômago) sobre a superfície do dente, o esmalte.

Várias frutas, vinagres, refrigerantes, mate, chá, café, cerveja e vinho são altamente ácidos e, assim, são potencialmente prejudiciais aos dentes. Os alimentos ácidos não devem e não são facilmente evitáveis, mas deve-se tomar cuidado quanto à freqüência e à maneira como são consumidos.

Não é somente o que é consumido que causa erosão ácida, mas também a maneira como esses ácidos são mantidos na boca. Manter ou reter alimentos e bebidas ácidas na boca prolonga a exposição dos dentes ao ácido, aumentando assim o risco de erosão. O hábito de beber uma bebida ácida “bochechando”, por exemplo, pode aumentar seu contato com os dentes, aumentando o risco  de erosão.

 

Erosão Ácida: Efeitos

Os primeiros sinais da presença de erosão ácida podem incluir:

Sensibilidade

À medida que o esmalte é perdido, a dentina fica mais vulnerável e

pode-se sentir ocasionalmente uma discreta pontada ao se consumir alimentos e bebidas geladas, quentes ou doces.

Descoloração

Os dentes podem apresentar uma aparência levemente amarelada devido à visualização da dentina, que pode estar exposta diretamente ao meio ou vista através de uma fina camada de esmalte.

Dentes Arredondados

Uma aparência arredondada e áspera na superfície e bordas dos dentes.

 

Os estágios mais tardios da erosão ácida podem incluir:

 Transparência: os dentes anteriores podem parecer ligeiramente transparentes perto das superfícies cortantes.

Descoloração Avançada: os dentes apresentam uma coloração amarela escura devido à exposição da dentina.

Rachaduras: pequenas rachaduras e irregularidades podem estar presentes nas superfícies dentárias.

Sensibilidade Grave: a contínua exposição da dentina com o passar do tempo, pode tornar os dentes extremamente sensíveis.

Cavidades: podem aparecer pequenas lesões em forma de taça na superfície de mastigação dos dentes – neste estágio qualquer obturação pode parecer elevada em relação à superfície do dente.

 

O que pode ser feito para prevenir a erosão ácida?

Para ajudar a proteger seus dentes dos efeitos da dieta ácida, existem várias iniciativas que podem ser tomadas:

  • Evitar escovar os dentes imediatamente após consumir alimentos e bebidas ácidas já que o esmalte está muito amolecido, vulnerável. É melhor escovar os dentes antes das refeições ou aguardar, pelo menos, meia hora para escová-los após as refeições.
  • Ingerir bebidas ácidas rapidamente – não as mova ao redor da boca nem as retenha por períodos prolongados na boca – ou opte por usar um canudo que chegue até a parte posterior da boca.
  • Escovar os dentes suave e minuciosamente com uma escova de cerdas macias.
  • Evitar consumir bebidas e alimentos ácidos várias vezes ao dia.
  • Visitas regulares ao dentista.

 

As erosões ácidas podem ser revertidas?

Não. Nos estágios avançados da erosão ácida pode haver necessidade de um tratamento caro e complicado para restaurar a forma e função normal do dente. Este é o motivo pelo qual a compreensão do problema e a tomada de iniciativas para minimizar o risco é tão importante.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here