Nutrição X Bruxismo

0
585

Existem muitos fatores que desencadeiam o Bruxismo, mas existem 5 que são mais importantes:

1) fatores locais (contatos prematuros, interferências oclusais)
2) fatores sistêmicos (indivíduos portadores de asma ou rinite, pacientes com distúrbios do SNC);
3) fatores psicológicos (estresse, ansiedade);
4) fatores ocupacionais (prática de esportes de competição);
5) fatores hereditários.

A nutrição esta diretamente ligada a melhora do fator numero 3 (ainda que possa contribuir para o fator 02), tendo em vista que stress em excesso acarreta depleção e má absorção de inúmeros nutrientes – uma das causas de termos tantas deficiências nutricionais atualmente. Pensando nisso, o MAGNÉSIO é um nutriente-chave nesse quadro, pois atua no processo de contração e tensionamento.

O consumo de magnésio pela população ocidental, de forma geral, é muito baixo – e o pouco que se consome… muito se perde.

Os alimentos fonte de magnésio são os vegetais folhosos verde-escuros (rúcula, agrião, couve, radiche, almeirão, espinafre, folha de mostarda e da beterraba), brotos de trevo, brotos de feijão, brotos de alfafa, frutos do mar, arroz integral, quinoa em grãos, quinoa em flocos, aveia em flocos, amaranto em flocos, abóbora, semente de abóbora, semente de girassol e as demais oleaginosas (castanha de caju, castanha do Pará, nozes chilena, nozes pecã, etc).

Além do Magnésio, a falta ou diminuição de cálcio, boro e junto com um quadro de disbiose podem ser as causas do bruxismo.

Sugestão para consumo desses nutrientes:

1 banana assada

1 colher de sopa de uva passa

1 colher de chá de mel.

Medidas comportamentais, como aderir a uma alimentação menos pesada durante a noite, evitar o uso de bebidas alcoólicas, substâncias estimulantes e cigarro, ajudam muito a aliviar os sintomas.

 

Dicas: Rafaela Donadel Franco Leal.
Nutricionista – CRN3- 15017

Fonte: Vivasta – Odontologia Humana

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here