MORDIDA ABERTA

0
319

A mordida aberta é um tipo de mal oclusão na qual existe uma deficiência de contato entre dentes superiores e inferiores. Pode ocorrer na região anterior e/ou posterior e pode estar presente na dentição decídua (de leite), mista ou permanente.

A etiologia (causas) é multifatorial. Envolve hábitos, tais como sucção de dedos, uso de chupeta e/ou mamadeira por tempo prolongado, sucção de objetos (fraldas, cobertores), respiração bucal, tamanho da língua, onicofagia (hábito de roer unha), interposição lingual durante a fala ou deglutição, entre outros.

Mordida aberta03

O diagnóstico é realizado pelo cirurgião-dentista que, através de um exame clínico e anamnese minuciosos, define o fator etiológico da mordida aberta para, a partir daí, traçar o plano de tratamento adequado.

O tratamento é multidisciplinar. Envolve o ortodontista que cuida da parte de alinhamento dos dentes e melhora da função mastigatória, o cirurgião bucomaxilofacial em casos de mordida aberta esquelética e envolve também o fonoaudiólogo, que auxilia o paciente a reaprender a posicionar corretamente a língua durante a fala e a deglutição.

Os tipos de tratamento são diferentes de acordo com a idade do paciente e de acordo com a classificação da mordida aberta em dentária ou esquelética.

Mordida aberta01

Quando criança, deverão ser usados aparelhos removíveis comuns ou ortopédicos. Já nos adultos o ideal são os aparelhos fixos. No caso da mordida aberta provocada por hábitos, este deverá ser removido para que a mordida se feche. Em crianças de até 4 anos de idade, com a remoção do hábito geralmente a mordida se fecha sozinha, mas com uma certa tendência de se cruzar na região posterior.

As mordidas abertas esqueléticas possuem um tratamento mais complexo. Geralmente são acompanhadas de uma face longa no adulto, podendo envolver um fator hereditário. Nesses casos, o tratamento é orto-cirúrgico, ou seja, há necessidade de se passar por um tratamento ortodôntico prévio e em conjunto com uma cirurgia, também realizada por cirurgiões-dentistas especialistas (cirurgião bucomaxilofacial).

Se você acha que seu filho tem mordida aberta, procure um ortodontista o mais rápido possível, pois quanto mais cedo for feito o diagnóstico e traçado o plano de tratamento, melhor será o prognóstico. Evitando, assim, problemas futuros nas funções de mastigação, fala, deglutição e estética.

Dra. Gabriela Zilio Circeli de Godoy

CROSP: 103.306

Formada em Odontologia pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), Gabriela é especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial pelo Grupo de Estudos Ortodônticos e Serviços (Gestos – Araraquara), em associação com a Famosp.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here