Embalagem para esterilização em autoclave – Cinco dicas para uma escolha correta

0
512

Parece uma tarefa simples, mas alguns cuidados são necessários para que se cumpra a sua finalidade: permitir a entrada de vapor e manter a esterilidade dos produtos. Além disso, as embalagens possibilitam a organização em kits e já fornecem evidências do processo de esterilização por meio do indicador químico de processo impresso.

O papel grau cirúrgico é a embalagem para esterilização em autoclaves mais utilizada em odontologia  no momento.  Há muitas opções de tamanho, no caso de envelopes e de largura, no caso de rolos (tubulares, bobinas).

Com o uso em larga escala, o produto tem se tornado cada vez mais fácil de ser encontrado e com preços mais convidativos. Os rolos são mais econômicos e permitem maior variedade, por outro lado os envelopes são muito práticos, economizam tempo e dispensam o uso de seladores.

 

5 Dicas para Comprar Corretamente:

 

  1. Possuir registro no Ministério da Saúde como embalagem para esterilização, impresso no rótulo externo do artigo. Esse registro é obrigatório para essa categoria de produtos. Por que? – Comprar qualquer produto para saúde sem registro (quando o mesmo for compulsório) é considerada uma infração sanitária.
  2. Data de validade do produto impresso no rótulo. Por que? Exigência sanitária. A data é válida antes de se realizar a esterilização. O prazo de validade dos produtos esterilizados segue outra regra*.
  3. Presença do indicador químico de processo (vapor) em toda a extensão do rolo, ou em pelo menos uma área do envelope, verificando se está com a aparência correta (não processado).
  4. Embalagem com as informações do fabricante.
  5. Produto em bom estado de conservação.

 

 

 

 

No vídeo abaixo mais uma dica sobre embalagens para esterilização em autoclaves:

 

 

Prepare os jogos a serem utilizados com base no procedimento. Exemplo, jogo clínico de odontologia: pinça, explorador, espelho. A seringa carpule pode ser esterilizada separadamente, pois nem sempre será utilizada.

 

 

Lembrete importante:

 

É PROIBIDO REUTILIZAR PAPEL GRAU CIRÚRGICO

Embalagens de papel grau cirúrgico ou descartáveis de qualquer natureza constam da lista de produtos proibidos de reprocessar (RE2605-2006- ANVISA).

  • A validade dos produtos esterilizados pode ser validada no serviço (por meio de avaliação detalhada das condições de armazenamento x a manutenção da esterilidade), ou usualmente 7 dias quando não for realizada.

 

 

Liliana Junqueira de P.Donatelli
Bióloga, Mestre em Saúde Pública
Coordenadora do Projeto Biossegurança Cristófoli

Fonte: Blog Biossegurança

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here