Aparelhos ortodônticos: falta de higienização pode aumentar tempo de tratamento e causar doenças

0
377

 Dicas para fazer uma limpeza eficaz

A questão mais comum feita ao ortodontista pelo paciente que coloca um aparelho dentário é “quanto tempo vou utilizá-lo?”. Claro que a resposta depende de cada caso. Porém, uma coisa é certa, se durante o tratamento a pessoa não fizer a higienização corretamente, levará mais tempo que o esperado.

 

“Não fazer uma higienização correta implica em maior tempo de tratamento, tudo que o paciente não quer. É preciso levar a sério, ser caprichoso e ter um cuidado maior com a limpeza. Quer terminar no tempo certo? Siga as recomendações”, alerta a ortodontista Drª Fernanda Giovanini, de São Paulo.

 

O tratamento atrasa se o paciente não higienizar corretamente a boca, pois a placa bacteriana (película de cor branca, cinzenta ou amarelada que se adere ao dente, em volta dos braquetes, e é constituída de restos de alimentos, micro-organismos, células descamadas) começa a acumular no aparelho, o que aumenta o atrito e prejudica o deslizamento entre suas peças.

 

“Já tive casos em que foi necessário retirar o aparelho, por causa de inflamação gengival decorrente da má higienização”, conta Fernanda. E, ao contrário do que muitos possam pensar, não são as crianças os pacientes mais complicados: “São os adolescentes. Eles estão naquela fase da vida que questionam tudo, meio rebeldes, e isso acaba refletindo até no tratamento dentário”.

 

E a coisa pode ficar ainda mais séria. Pode parecer que a higienização é algo simples, mas, sem ela, a situação pode se agravar gerando herpes, gengivite e endocardite bacteriana, que é a inflamação das estruturas internas do coração, o que pode até mesmo levar a óbito. Ela é causada por bactérias, fungos e vírus. É uma doença na qual micro-organismos se proliferam no endocárdio, danificando as válvulas cardíacas. Nos casos da periodontia, ela surge por causa da  pouca higiene bucal ou outras alterações dentárias como infecções periodontais ou endodônticas.

 

“Uma coisa muito importante: “sempre esteja com as mãos limpas quando for escovar os dentes e, principalmente, quando for retirar e recolocar o aparelho removível!”, alerta Fernanda.

 

                                                                                                                               

Fonte: Drª Fernanda Giovanini é graduada em Odontologia pela Universidade Cidade de São Paulo (Unicid), especialista em ortodontia e ortopedia funcional dos maxilares pela Universidade de Guarulhos (UNG). 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here